pagina inicial Petrobras
Tartarugas Marinhas
Visite o Tamar
O que fazemos
Onde estamos
Mais informações

O TAMAR É Bom pra Xuxu!

15/12/2014 - Impressões e sensações do diretor musical do Movimento Tamarear, Luciano Calazans, da noite especial de aniversário na Praia do Forte. Leia mais. ↓

O TAMAR É Bom pra Xuxu!

Stanley, Dudu, Mamão e Ricardo.

A festa teve início com uma tartaruga-de-pente (Eretmochelys imbricata), às 16h30, que chegou de surpresa antes dos shows, para desovar ao lado do cercado de incubação no centro de visitantes da Praia do Forte. As pessoas que passavam na praia se encantavam; biólogos correndo para marcar, medir, registrar; logo formou-se uma aglomeração de pessoas querendo fotografar a estrela maior. É incomum uma tartaruga desovar de dia, mas pode acontecer. Nesta noite (5/12), mais de mil pessoas veriam a banda Casco Cabeça abrir o palco para Stanley Jordan, Dudu Lima, Mamão, Ricardo Itaborahy, Nuno da Câmara Pereira, Saulo e Luciano Calazans. Guy Marcovaldi, fundador e coordenador nacional do Tamar, era só alegria: "Foi uma surpresa maravilhosa essa tartaruga que chamou a atenção da galera e deu o seu recado: "Aqui também é o meu lugar!". O ninho ficou ali, ao lado do centro de visitantes, e será acompanhado por quem quiser saber sobre o nascimento dos filhotes, que ocorrerá mais ou menos no final de janeiro/2015.


Tartaruga-de-pente de rosto sorridente veio desovar.

Com a palavra, Luciano Calazans, diretor musical do Movimento Tamarear:

A noite desse dia 5/12 fantástico foi inesquecível para mim, que estou há quase 30 anos na profissão de músico e quase 5 - dos 35 anos do Tamar- na direção musical do Movimento Tamarear.

O sentimento de gratidão eterna impera em meu ser, não só por causa da noite memorável, mas pelo manancial de aprendizado que existe no Projeto Tamar. Os encontros proporcionados a gêneros distintos da seara musical, com todo carinho (o Tamar é carinho) a públicos distintos, acentuam a minha visão sobre este grupo de pessoas: se existe primeiro mundo no Brasil, esse mundo está dentro do Projeto Tamar.

A noite começou com a Casco Cabeça, primeira banda que tive o prazer de fazer direção no programa musical do Projeto, mostrando-se madura e muito evoluída, arrebatando aplausos dos ouvintes e até pedidos de Bis! Um motivo de orgulho!

O show não parou! Casa cheia, povo feliz, todos felizes, alegres pelas tantas a mais tartarugas no mar! Guy Marcovaldi, fundador e coordenador do Tamar, mostrou em números e gráficos que as populações dessas espécies estão se recuperando. Os aplausos foram calorosos, de gente que também se orgulha dessas conquistas do Brasil.

Depois, veio um nome que também conheci pessoalmente graças ao Projeto Tamar: o português Nuno da Câmara Pereira, um cantor de fados, talentosíssimo e divertidíssimo, que contagiou a todos com a composição (muito antiga e gravada por Carmem Miranda) "O Fado É Bom Pra Xuxu". Este fado, que flerta totalmente com o nosso chorinho, até hoje ecoa em minha mente e, tenho certeza, de todos que ali estavam. Foi mais que um prazer tocar com este lusitano! Essa troca de experiências isentas de vaidade é também marca registrada do Projeto Tamar.

Subiu ao palco em seguida, um dos monstros sagrados da música instrumental e da guitarra, Stanley Jordan, com o auxílio mais que luxuoso de outros monstros da música universal: Dudu Lima (Mega baixista), Mamão (Antológico baterista, compositor do standard de jazz, "Partido Alto") e Ricardo Itaborahy (exímio pianista e cantor). O show contou com a participação especial de nada mais, nada menos que Armandinho Macêdo! Haja fôlego!

Saulo e eu fizemos um dueto que nasceu dos encontros no Projeto Tamar. A ideia foi fazer em palco exatamente o que acontece nas jams do programa musical, despretensiosas em sua maioria. Um encontro que se tornou um projeto com baixo elétrico, voz e violão interpretando canções variadas de compositores do Brasil e autorais. Não há palavra para descrever a sensação de dividir o palco com um ser de luz que é Saulo, com um público super educado e aberto, dentro do Projeto Tamar. Tocou no coração. O projeto Saulo e Luciano Calazans em dueto nasceu também no Projeto Tamar e com isso só posso terminar com o estribilho que ecoa em minha mente, só mudando uma palavra:

O TAMAR É BOM PRA XUXU!

Parabéns, Projeto Tamar! Que venham mais tartarugas e mais trinta e cinco 35 anos!

Confira alguns momentos dessa festa:

Tartaruga de pente ou legítima

Fernando de Noronha - PE

Centro de Visitantes

Mais informações - Visualizar informações anteriores

Petrobras