pagina inicial Petrobras
Tartarugas Marinhas
Visite o Tamar
O que fazemos
Onde estamos
Mais informações

Expressões culturais da Praia do Forte-BA: Festival infantil de Caretas 2017

22/02/2017 - Tradição que passa de geração em geração é a marca do carnaval da vila de pescadores. Leia mais. ↓

Expressões culturais da Praia do Forte-BA: Festival infantil de Caretas 2017

Caretas 2017

Estão em exposição no Projeto TAMAR as máscaras feitas pelas crianças e jovens da comunidade de Praia do Forte, em Mata de São João-BA. Durante o carnaval, os Caretas vão assustar muita gente e manter viva a tradição passada de pai para filho, desde os tempos dos escravos, resgatando a história das famílias locais. O Festival Infantil de Caretas aconteceu no dia 24/02 e agitou a meninada e os adultos também, o cortejo saiu às 16:00h da entrada da vila e as apresentações aconteceram no Espaço Cultural do TAMAR.

 

As crianças fazem oficinas com careteiros famosos da vila de pescadores. São os guardiões dos segredos para criar máscaras assustadoras e transmitem conhecimento todos os anos para a crianças da comunidade, contam histórias e falam como era a Praia do Forte há muito tempo. Seu Ulisses Santana e Rian da Luz são os professores que conduzem as fases e orientam para que elas façam suas próprias máscaras. No festival, as crianças se vestem de Caretas e se apresentam para assustar todo mundo.

Tradição, Cultura e Conservação Marinha

Para manter e valorizar essa manifestação cultural, o TAMAR em parceria com membros da comunidade, realiza todos anos atividades para integrar a comunidade e o público visitante nesta tradição. "O TAMAR respeita e apoia a preservação das tradições culturais, acreditando que integrar a cultura à conservação é restabeler o vínculo entre a dimensão social e natural, fortalecendo a identidade das comunidades litorâneas e valorizando o que é deles e o local onde vivem", diz a coordenadora de Inclusão Social e Educação Ambiental do TAMAR, bióloga Valéria Rocha.

Conta a lenda, que os Caretas surgiram nos tempos da escravidão, quando em certa época do ano, mais precisamente durante o Carnaval, os senhores permitiam aos escravos se expressarem culturalmente. Era a oportunidade que tinham de cultuar seus deuses e divindades, e também de assustar os filhos dos senhores de engenho, que residiam na Casa da Torre (Farol Garcia D'Ávila). 

Saiba mais sobre os Caretas da Praia do Forte-BA.

Tartaruga Verde ou Aruanã

Ubatuba - SP

Centro de Visitantes

Mais informações - Visualizar informações anteriores

Petrobras