pagina inicial Petrobras
Tartarugas Marinhas
Visite o Tamar
O que fazemos
Onde estamos
Mais informações

Descubra os mistérios das profundezas à bordo do Submarino Amarelo

06/03/2020 - Animais do fundo do mar em uma exposição permanente nos Centro de Visitantes de Praia do Forte e Aracaju ↓

O Submarino Amarelo, exposição permanente e única na América Latina, há 10 anos faz grande sucesso de público, mais de 100 mil visitantes já mergulharam nos mistérios das profundezas. Localizada nos Centros de Visitantes do Projeto Tamar na Praia do Forte/BA e em Aracaju/SE, ganhou esse nome, pois teve como inspiração a música “Yellow Submarine”, e procura revelar ao visitante, de maneira descontraída, alguns mistérios dos oceanos e apresentar um pouco do trabalho que o Projeto Tamar/Fundação Pró-Tamar desenvolve no mar. Em um ambiente que reproduz ambientes abissais oceânicos, podem ser observados vivos, invertebrados e peixes (Barata-Gigante, Moréia-Timbalada, Tubarão-Pintado e outros).  

A ideia da exposição nasceu durante pesquisas com anzóis circulares (tipo de anzol que agride menos a tartaruga caso ela seja capturada acidentalmente) e que faz parte do programa de redução das capturas acidentais das tartarugas marinhas pela pesca (PNRTM 2000). Na Praia do Forte, as pesquisas com os anzóis circulares são realizadas quase que diariamente, entre as profundidades de 200 a 1200 m. Nelas foram descobertas espécies novas para o mundo, e novos registros de família e gênero para o Brasil e Atlântico Sul, alguns desses observados no Submarino Amarelo.

A exposição é um importante instrumento de sensibilização do público, que além de descobrir que ao proteger as tartarugas auxilia na conservação do ambiente marinho, também tem a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a biologia e curiosidades dos animais que habitam uma das regiões mais desconhecidas do planeta.

Essa viagem ao fundo do mar se torna mais incrível quando se pode acompanhar o ciclo reprodutivo de uma espécie nova para ciência e que se tem poucas informações. Esse é o caso do tubarão-pintado (Scyliorhinus ugoi), uma das espécies presentes na exposição, que é ovíparo e tem se reproduzido dentro do Submarino Amarelo, podendo observar seus ovos em desenvolvimento e filhotes nascidos. Esta espécie pode chegar a 60 cm e os filhotes nascem com cerca de 10,5cm. Os ovos tem o formato de uma cápsula, são translúcidos, medem 6cm por 3cm e possuem um filamento onde se prendem às vegetações. Em seu habitat natural vivem a cerca de 450 m de profundidade.

Outra curiosidade a ser vista a bordo do Submarino Amarelo é o animal que consegue viver em até 2.000m de profundidade: a barata-gigante (Bathynomus giganteus), um isópode que pode chegar até 60cm e é responsável pela limpeza do assoalho oceânico. Além desses animais vivos, os visitantes podem conhecer uma coleção “científica” com espécies coletadas durante os testes do anzol circular, como o Cabeça de Geleia (Ijimaia sp) que mede aproximadamente 2m de comprimento e pesa cerca de 40 kg com excesso de gordura na parte frontal de sua cabeça, parecendo um monte de geleia. As visitas são sempre acompanhadas por um monitor que desvenda os mistérios e curiosidades de seus habitantes.

Os embarques possuem vagas e horários limitados. Mais informações:
Projeto Tamar Praia do Forte (71)-3676-0321
Projeto Tamar Aracaju (79) 3243-3214 / 99949-3107

Tartaruga Tartaruga-de-couro ou Tartaruga-gigante

Ubatuba - SP

Centro de Visitantes

Mais informações - Visualizar informações anteriores

Petrobras