pagina inicial
Tartarugas Marinhas
Visite o Tamar
O que fazemos
Onde estamos
Mais informações

Assim nasceu o mais conhecido e frequentado Centro de Visitantes do Projeto Tamar

08/11/2021 - Localizado em um maravilhoso destino turístico da Bahia, o Centro de Visitantes da Praia do Forte tem importância estratégica na missão de recuperar as populações de tartarugas marinhas no Brasil. ↓

Em 1982, nascia a base do Projeto Tamar na Praia do Forte/BA, inicialmente voltada apenas à pesquisa e manejo das tartarugas marinhas. Já em seu primeiro ano de atuação, durante a temporada reprodutiva das tartarugas marinhas, o fascínio despertado em turistas e na comunidade local deixou evidente o seu potencial de sensibilizar e informar sobre a ameaça de extinção das tartarugas marinhas no Brasil e as ações de conservação para reverter essa situação.

Os pesquisadores moravam em Praia do Forte e compartilhavam o cotidiano da vila de pescadores. Ao mesmo tempo, membros da comunidade já faziam parte da equipe do Projeto Tamar e os trabalhos com educação ambiental foram sendo aprimorados. Este fortalecimento da relação e confiança entre pesquisadores e nativos foram fundamentais para o envolvimento da comunidade nas ações de conservação e para a estruturação deste espaço de atendimento, que passou a ser conhecido como Centro de Visitantes.

No início da década de 90, tanques maiores foram instalados e o público passou a ver de perto tartarugas em diferentes fases da vida. Além da inauguração de exposições audiovisuais permanentes. Com a reestruturação, foi instalada também uma loja própria para atender à demanda dos turistas por produtos temáticos sobre tartarugas marinhas. Ao comprá-los, os visitantes passaram a contribuir com um lindo ciclo socioprodutivo que se inicia na produção destes itens em comunidades com menos turismo onde o Projeto Tamar atua, proporcionando oportunidades de trabalho e recursos essenciais para o desenvolvimento das ações de conservação.     

A primeira década dos anos 2000 foi marcada por melhorias nas exposições, espaços temáticos e roteiro interpretativo. Além das tartarugas, os visitantes passaram a ver tubarões, peixes meros e outros animais marinhos, contribuindo para ampliar sua compreensão dos impactos causados pelo ser humano no ambiente marinho e os desafios para sua proteção.


Com a intenção de atrair cada vez mais pessoas e aproximá-las da conservação, o Centro de Visitantes continuou a apresentar inovações ano após ano. Na última década se destacaram a exposição Submarino Amarelo, que fala sobre a ameaça da pesca e expõe animais de grandes profundidades. Além do programa musical Tamarear, que tem na Praia do Forte o seu principal palco, onde milhares de visitantes e centenas de artistas puderam se unir e contribuir para a conservação marinha.

A mesma motivação e criatividade encontrada pelos pesquisadores para superar obstáculos e progredir na recuperação das populações de tartarugas marinhas no Brasil impulsiona mudanças e resultados neste Centro de Visitantes.

A atratividade deste espaço, somada à sua beleza natural, biodiversidade e riqueza histórica e cultural local, fizeram com que o Centro de Visitantes do Projeto Tamar de Praia do Forte se tornasse o mais frequentado do Brasil, atendendo a cerca de 500 mil pessoas/ano, entre membros da comunidade, estudantes, pesquisadores e turistas brasileiros e estrangeiros. Hoje é um dos maiores destinos turísticos da região e um dos 10 museus mais visitados do Brasil.

Venha fazer parte desta história de sucesso e contribuir para a conservação das tartarugas marinhas. Visite o Projeto Tamar!

Tartaruga Tartaruga-de-couro ou Tartaruga-gigante

FUNDAÇÃO PROJETO TAMAR ARACAJU – OCEANÁRIO - SE

Centro de Visitantes

Mais informações - Visualizar informações anteriores

Petrobras